Antibiótico Bacteriana Sinusite

Sinusite também afeta crianças

25 de Agosto, 2015

Sinusite é a inflamação das mucosas dos seios da face, a região do crânio formada pelas cavidades ósseas ao redor do nariz, maçãs do rosto e olhos1.

O problema afeta boa parte da população, em todo o mundo2, e tem aumentado entre as crianças nas últimas décadas. Ao que parece, mudanças no estilo de vida contribuem para a maior incidência de fatores infecciosos, químicos e alérgicos que agridem as mucosas nasais. Hoje, a sinusite tem sido muito diagnosticada em crianças com problemas respiratórios3.

A doença pode ser aguda ou crônica. No primeiro caso, há febre, tosse e secreção nasal, que podem durar por até uma semana. No segundo caso, as manifestações clínicas são contínuas por um período superior a três meses. Os sintomas habituais são tosse, secreção nasal com pus, drenagem da secreção nasal pela rinofaringe e eventualmente febre. Além disso, escolares e pré-adolescentes também sentem dores de cabeça, no rosto e nos dentes superiores. O mau hálito é uma queixa frequente dos pais. 3

A sinusite prejudica o sono e o rendimento escolar, afetando a qualidade de vida da criança em todos os aspectos: físico, psicológico e social2.

Por isso, quanto mais cedo o diagnóstico, melhor. Ele é realizado pelo médico, por meio de análise clínica, exame físico e, se necessário, radiológico3.

Quando a sinusite é causada por bactéria, o tratamento deverá ser feito com antibiótico, que deve ser tomado conforme a prescrição médica, respeitando rigorosamente as doses, horários e tempo de duração. Geralmente, a melhora dos sintomas ocorre na primeira semana. Mesmo assim, é muito importante seguir com a terapia até o seu término 2,3.

Se os incômodos persistirem ou ocorrer alguma reação indesejada, pode ser preciso trocar o antibiótico2. Neste caso, procure o médico, nunca interrompa o tratamento sem o seu conhecimento.

Antibiótico é coisa séria. Respeite sua receita.

Deixe um comentário
    1. VARELLA, D. Doenças e sintomas: Sinusite. In: DR. DRAUZIO. Disponível em: <http://drauziovarella.com.br/letras/s/sinusite/>. Acesso em: 3 ago. 2015.
     
    2. GALVÃO, CES. Como diagnosticar e tratar rinites e sinusites. Disponível em: <http://www.moreirajr.com.br/revistas.asp?fase=r003&id_materia=2516>. Acesso em: 3 ago. 2015.
     
    3. EJZENBERG, B. et al. Conduta diagnóstica e terapêutica na sinusite da criança. J Pediatr (Rio J), 75(6): 419-32, 1999.

    BR/ANB/0079/15a – AGO/15
     

Posts relacionados

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe um comentário

Post anterior

Mil Dicas de Mãe

Próximo Post

Antibiótico é tiro e queda contra a faringite bacteriana