Prescrição Uso racional

Não arrisque sua saúde, só compre remédios com orientação médica

22 de Outubro, 2014

Febre, dor de cabeça e dor no corpo são sintomas que, vira e mexe, aparecem na gente. É comum, nessas horas, corrermos até a farmácia para comprar um medicamento que resolva o problema, seguindo a indicação de um amigo, um parente ou um vizinho1.

Aí que está o perigo. Consumir medicamentos sem receita médica pode trazer mais danos do que benefícios, dentre eles uma intoxicação. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 10% das internações hospitalares são consequência de reações adversas1.

Assunto sério

Chamar a atenção para esse assunto pode parecer bobeira, mas é muito sério. Usar medicamentos de forma inadequada, ou mesmo tomar juntos dois fármacos diferentes, pode causar dependência, reações alérgicas e até a morte1.

Por isso é fundamental procurar um médico. Analisando o seu caso e seu histórico, ele pode estabelecer, em primeiro lugar, a necessidade do uso de algum remédio e qual o mais apropriado para o seu problema, que atuará com segurança e eficácia2.

Com você fica a responsabilidade de seguir corretamente a prescrição, respeitando o medicamento indicado, os horários, as doses e o tempo de tratamento. No caso dos sintomas não desaparecerem, não se arrisque com os palpites de amigos. O que é eficaz para uma pessoa pode não ser para outra. Volte ao médico, que vai fazer uma nova avaliação e receitar outro produto.1,2

Antibiótico é coisa séria. Respeite sua receita.
 
 

REFERÊNCIAS

1. ANVISA. Os perigos do uso inadequado de medicamentos. 2007. Disponível em: http://www.anvisa.gov.br/divulga/reportagens/060707.htm. Acesso em: 23 ago. 2014.

2. DANIELA SILVA DE AQUINO. Por que o uso racional de medicamentos deve ser uma prioridade? 2008. In: Ciência & Saúde Coletiva, 13(Sup):733-736. Disponível em: http://www.scielosp.org/pdf/csc/v13s0/a23v13s0.pdf. Acesso em: 23 ago. 2014.

BR/ANB/0052/14e

Deixe um comentário

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe um comentário

Post anterior

Armazene corretamente os medicamentos e garanta sua eficácia

Próximo Post

O que NÃO se deve fazer ao tomar antibióticos