Bactéria Infecção Pele

Mantenha a pele em dia, sem infecções

30 de Outubro, 2015

O maior e mais pesado órgão humano1 é a pele, também responsável por defender a parte interna de nosso corpo contra os germes2.

No entanto, sua superfície está repleta de micro-organismos que, ao menor descuido - uma ferida, por exemplo – podem invadir nosso corpo, causando infecções no tecido subcutâneo. Se as bactérias não forem exterminadas e continuarem se desenvolvendo, podem chegar à corrente sanguínea e atingir outros órgãos2.

Estas são as doenças de pele mais comuns3:
Impetigo – manifesta-se principalmente no rosto e nas extremidades do corpo, em forma de bolhas ou vesículas. Ocorre principalmente em crianças3.

Carbúnculos e furúnculos - abscessos ao redor dos pelos, mais comuns em adolescentes e jovens3.

Celulites - infecções agudas que se instalam na camada mais profunda da pele, em uma região normalmente com algum tipo de trauma ou ferida, geralmente nos membros inferiores. O local pode ficar avermelhado, quente, dolorido e inchado, e a área afetada não possui bordas bem demarcadas3 . É mais comum em adultos maiores de 50 anos2.

Erisipelas – infecções agudas, sendo a forma mais superficial da celulite, com bordas mais demarcadas e ocorre normalmente nos membros inferiores. A região afetada também fica quente, vermelha e dolorida, apresentando um leve relevo, com bordas definidas3.  Crianças e idosos são mais suscetíveis ao problema2.

Fatores de risco e cuidados
Algumas situações favorecem a instalação de infecções da pele, como frieiras, espinhas, picadas de mosquito, unha encravada ou com micose, queimaduras, uso de piercings, além de problemas preexistentes, como diabetes e obesidade2.

O tratamento, que sempre deve ser prescrito pelo médico, pode ser feito com antibióticos, administrados por via oral ou endovenosa, variando com a gravidade do caso. Outras possíveis recomendações são o repouso e elevação do membro infectado para aliviar a dor2.
Ao primeiro sinal de qualquer mudança no aspecto da pele, é importante procurar o especialista. O diagnóstico precoce favorece a cura, evitando complicações.

Sentiu coceira, erupções, vermelhidão? Não se medique, nem deixe o quadro evoluir. Procure o especialista, siga suas orientações e faça todo o tratamento. Porque, à flor da pele, só mesmo as fortes emoções.

Antibiótico é coisa séria. Respeite sua receita.
 

Deixe um comentário
    1. PORTAL EDUCAÇÃO. Pele: o maior órgão do corpo humano. Disponível em:  <http://www.portaleducacao.com.br/enfermagem/artigos/24015/pele-o-maior-orgao-do-corpo-humano> . Acesso em: 26 set. 2015

    2. MD SAÚDE. Erisipela e celulite – sintomas e tratamento. Disponível em: <http://www.mdsaude.com/2010/03/erisipela-celulite.html>  . Acesso em: 26 set. 2015

    3. HOSPITAL INFANTIL SABARÁ. Informações sobre doenças – infecções cutâneas bacterianas. Disponível em:  <http://www.hospitalinfantilsabara.org.br/saude-da-crianca/informacoes-sobre-doencas/abc-saude-infantil/I/infeccoes-cutaneas-bacterianas/> . Acesso em: 26 set. 2015

    BR/ANB/0079/15r

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe um comentário

Post anterior

Antibiótico: nosso aliado na prevenção de infecções cirúrgicas

Próximo Post

Farmácia Popular, um direito que também é seu