Antibiótico Colaterais Efeitos

Como todo remédio, antibióticos também podem causar efeitos colaterais

15 de Dezembro, 2014

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), os eventos adversos são uma resposta nociva e não intencional ao uso de um medicamento, que ocorre em doses normalmente utilizadas para prevenção, tratamento e diagnóstico de doenças, não tendo, necessariamente, relação causal com a terapia1.

Assim como outros remédios, os antibióticos, nossos aliados no combate a infecções bacterianas, também podem causar efeitos colaterais, alguns já esperados, outros dependem da sensibilidade do paciente à substância, provocando reações distintas. Um exemplo, a penicilina. Para algumas pessoas, provoca alergias e até o fechamento das vias respiratórias2,3.

Outros antibióticos podem causar dor epigástrica, sudorese, náusea, taquicardia, rubor e diarreia. Além disso, alguns antibióticos não podem ser utilizados por pessoas com problemas renais e insuficiência no fígado1,3.

O uso concomitante de antibióticos e outros fármacos e o desconhecimento do histórico do paciente são outras possíveis causas de reações adversas1.

Siga a prescrição à risca, tomando as doses nos horários corretos, por todo o período recomendado. Isso evita outra reação muito indesejada: a resistência bacteriana2,4.

Fale com o médico e nunca não pare a terapia por conta própria2.

Antibiótico é coisa séria. Respeite sua receita.

Deixe um comentário
    1. ESTELA LOURO et al. Eventos adversos a antibióticos em pacientes internados em um hospital universitário. 2007. In: Rev Saúde Pública; 41(6):1042-8. Disponível em: www.scielosp.org/pdf/rsp/v41n6/5850.pdf. Acesso em: 7 set. 2014. 

    2. DOUTORA ANA ESCOBAR. Duas dúvidas: como tomar antibióticos e não criar resistência? Quem cria resistência: a bactéria ou a pessoa? Disponível em: www.draanaescobar.com.br/duas-duvidas-como-tomar-antibioticos-e-nao-criar-resistencia-quem-cria-resistencia-a-bacteria-ou-a-pessoa. Acesso em: 7 set. 2014.

    3. MINISTÉRIO DA SAÚDE. Formulário Terapêutico Nacional 2010 – Rename. Disponível para download em: bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/formulario_terapeutico_nacional_2010.pdf. Acesso em: 7 set. 2014.

    4. DR.ª MARIA ALEXANDRA PARADA MONTEIRO. Antibióticos. Farmácia União Moitense. Disponível em: www.farmaciauniaomoitense.com.pt/EspacoInfoirmStatus/Antibiotico.pdf. Acesso em: 7 set. 2014.

    BR/ANB/0053/14j

Posts relacionados

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe um comentário

Post anterior

Antibióticos podem causar alergias, fique atento aos sintomas

Próximo Post

A automedicação pode se tornar uma grande dor de cabeça