Cuidados Uso racional

Armazene corretamente os medicamentos e garanta sua eficácia

21 de Outubro, 2014

É comum ter em casa uma farmacinha com medicamentos básicos para dor de cabeça, febre e gripes, além de fármacos prescritos, que nem sempre são guardados de forma correta.2

Estudo realizado num município do Rio Grande do Sul identificou os locais e as formas como os remédios eram armazenados. Em 58% das casas, os medicamentos estavam na cozinha, geralmente dentro de um armário ou em cima dele1.

A falta de cuidados com a farmácia caseira pode alterar a eficiência e a segurança no uso dos medicamentos. A cozinha e o banheiro não são locais apropriados, uma vez que todo fármaco deve ficar em local arejado, longe do calor e da umidade, evitando a sua degradação1,2.

E agora, onde guardar os remédios?

Parece uma tarefa difícil, mas não é. Para ajudar, destacamos aqui algumas dicas de armazenamento e conservação:
 
1.    A maioria é sensível à luz direta, por isso mantenha o medicamento em sua embalagem original, de preferência dentro de uma caixa, de papelão ou de plástico, com tampa para impedir a entrada de insetos2,3

2.    A umidade é uma grande vilã dos remédios. Eles não devem ser guardados no armário do banheiro ou sobre a geladeira. Mantenha a sua caixa em local seco, de preferência em prateleiras e afastada da parede2

3.    Não os guarde junto ou próximo de cosméticos, produtos de limpeza e perfumes2 

4.    Mantenha os medicamentos livres de pó e mofo, limpando e arrumando a sua caixa com regularidade. Remédios líquidos vazando podem comprometer os outros fármacos, por isso devem ser descartados. Aproveite a limpeza para checar também as datas de validade2,3

5.    Não deixe os medicamentos em locais baixos ou de fácil acesso, para evitar a ingestão acidental por animais domésticos, crianças e idosos2,3

6.    Os termolábeis (como a insulina) devem ser guardados na geladeira, mas não na porta, devido à variação de temperatura; nem no congelador, por causa da temperatura muito baixa2

Outra dica muito importante: não jogue medicamentos no lixo, no ralo, na pia ou em terrenos baldios. Leve até um posto de saúde, farmácia ou hospital para que sejam descartados corretamente2
 
Antibiótico é coisa séria. Respeite sua receita.


 
REFERÊNCIAS:

1. MÁRCIA CANÇADO FIGUEIREDO et al. Armazenagem de medicamentos em domicílios pelos moradores do bairro Figueirinha, em Xangri-lá, RS. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Disponível em: http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/35597/000794356.pdf?sequence=1. Acesso em: 14 ago. 2014.

2. CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DA PARAÍBA. Algumas dicas de como guardar medicamentos em casa. 2013. Disponível em: http://www.crfpb.org.br/index.php/noticias/352-algumas-dicas-de-como-guardar-medicamentos-em-casa. Acesso em: 14 ago. 2014.

3. INSTITUTO BRASILEIRO DE DEFESA DO CONSUMIDOR (IDEC). Conheça as regras e dicas para armazenamento de medicamentos. Disponível em: http://www.idec.org.br/consultas/dicas-e-direitos/conheca-as-regras-e-dicas-para-armazenamento-de-medicamentos. Acesso em: 14 ago. 2014. 

BR/ANB/0053/14a

Deixe um comentário

Posts relacionados

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe um comentário

Post anterior

Dia do Médico: um brinde à saúde!

Próximo Post

Não arrisque sua saúde, só compre remédios com orientação médica